Educação no Cárcere: Análise Comparativa das Legislações Brasileira e Argentina / Education in Prison: a Comparative Analysis of the Brazilian and Argentine Legislation

Elton Dias Xavier, Roberta Cardoso Silva

Resumo


Resumo

O artigo tem como objetivo analisar, comparativamente, os marcos normativos legais que regulam a oferta de educação no âmbito prisional, no Brasil e na Argentina. A princípio, discutem-se alguns pontos relacionados à educação nas prisões. Dando sequência, apresenta-se a legislação bem como algumas discussões existentes no Brasil sobre o tema “educação no cárcere”. Em seguida, faz-se uma análise desses mesmos aspectos – legislação e estudos sobre o tema proposto – no contexto argentino. Após isso, é realizada uma abordagem comparativa em torno das
especificidades e (in)congruências percebidas no ordenamento jurídico de ambos os países no que tange à legislação sobre educação em presídios. Por fim, são feitas algumas considerações acerca dos pontos discutidos no decorrer deste trabalho.

 

Abstract

The article aims to analyze, comparatively, the legal, regulatory frameworks that rule the provision of education in the prison context in Brazil and Argentina. At first, we discussed a few points related to education in prisons. Then, it presents the legislation and some current discussions in Brazil on "education in prison.” In the same way, it makes an analysis of those aspects - legislation and studies on the theme - in the Argentinian context. After that, we performed a comparative approach of the specifics and (in)congruencies perceived in the legal system of both countries regarding the legislation on education in prisons. Finally, we made some considerations on the main points discussed in the article.


Palavras-chave


Educação; Cárcere; Legislação; Brasil; Argentina / Education; Prison; Legislation; Brazil; Argentina

Referências


REFERÊNCIAS

ANISTIA INTERNACIONAL. Anistia Internacional: o estado dos direitos humanos no mundo. Trad. Galeno Faé de Almeida. Rio de Janeiro: Anistia Internacional Brasil. Relatório 2013.

ARGENTINA. Comité Contra la Tortura. Informe anual sobre DDHH: El sistema de la Crueldad III. Argentina: Comisión Provincial por la Memoria Prov. De Bs. As, La Plata, 2007. Disponível

Acesso em 06/01/2014.

___________. Ley nº 26.206 de 27 de diciembre de 2006. Ley de Educación Nacional.

___________.Ley nº 24.660 de 08 de julio de 1996. Ley de Ejecución de la Pena Privativa de la Libertad.

___________. Ministerio de Justicia e Derechos Humanos. Sistema nacional de estadísticas sobre ejecución de la pena. Argentina, dez.. de 2012. Disponível em < http://www.jus.gob.ar> acesso em 02/01/2014

BRASIL. Lei n° 7.210 de 11 de julho de 1984. Lei de Execução Penal.

_______. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

BRASIL. Lei no 13.163 de 9 de setembro de 2015.

______. SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL. (2015). Disponíven em: http://www.stf.jus.br/portal/jurisprudencia/listarJurisprudencia.asp?s1=%28ADPF+347%3A%29&base=baseInformativo> Acesso em: 30 set. de 2015.

_______. Ministério da Justiça. Relatórios estatísticos – sintéticos do sistema prisional brasileiro - Disponível em http://www.justica.gov.br/seus-direitos/politica-penal/transparencia-institucional/estatisticas-prisional/anexos-sistema-prisional/populacao-carceraria-sintetico-junho-2013-2.pdf> acesso em 02/10/2014

_______. Ministério da Justiça. Levantamento nacional de informações penitenciárias – INFOPEN – Brasil, jun. 2014. Disponível em < http://portal.mj.gov.br> acesso em 03/09/2015

FOUCAULT, Michel. A verdade e as formas jurídicas. Trad. Roberto Cabral de Melo Machado e Eduardo Jardim Morais. Rio de Janeiro: NAU Editora, 2003.

GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4 ed. São Paulo: LTC, 1988.

FREIRE, Paulo. Educação como prática de liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1967.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA: Censo 2010. Brasil. Disponível em acesso em 03/01/2014.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTADÍSTICA Y CENSOS: Censo 2010. Argentina. Disponível em acesso em 03/01/2014.

IRELAND, Timothy D. Anotações sobre a educação em prisões: direito, contradições e desafios. In: CRAIDY, Carmem Maria (Org.). Educação em prisões: direito e desafio. Porto Alegre: UFRGS, 2010, p. 23-35.

JULIÃO, Elionaldo F. A educação de jovens e adultos em situação de privação de liberdade: desafios e perspectivas para a consolidação de uma política nacional. In: Educações em prisões na América Latina: direito, liberdade e cidadania. Brasília: UNESCO, OEI, AECID, 2009. p. 61-71.

________________.Educação e trabalho como programas de “reinserção social”. In LOURENÇO, A. S.; ONOFRE, E.M.C. (Orgs.) O espaço da prisão e suas práticas educativas: enfoques e perspectivas contemporâneas. São Carlos: EdUFSCar, 2011, p.191 a 222.

PALLINI, Stella M. La experiencia argentina de educación en contextos de encierro. In: CRAIDY, Carmem Maria (Org.). Educação em prisões: direito e desafio. Porto Alegre: UFRGS, 2010, p. 37-52.

RANGEL, Hugo. Desafios e perspectivas da educação em prisões na América Latina. In: Educações em prisões na América Latina: direito, liberdade e cidadania. Brasília: UNESCO, OEI, AECID, 2009. p. 165-177.

SARTORI, Giovanni. “Comparación y método comparativo.” In: SARTORI, Giovanni;

MORLINO, Leonardo (Comp.) La comparación en las ciencias sociales. Madrid: Alianza Editorial, 1994, p. 29-50.

SAUER, Adeum H.; JULIÃO, Elionaldo. A educação para jovens e adultos em situação de restrição e privação de liberdade no Brasil: questões, avanços e perspectivas. Seminário Educação nas Prisões. Brasília, DF: Conselho Nacional de Educação. 23 de abril de 2012. (Documento Referência)

SCARFÓ, F.; BREGLIA, F.; FREJTMAN, V. Sociedade civil e educação pública nos presídios: questões para reflexão. In LOURENÇO, A. S.; ONOFRE, E.M.C. (Orgs.) O espaço da prisão e suas práticas educativas: enfoques e perspectivas contemporâneas. São Carlos: EdUFSCar, 2011, p.147 a 165.

SCARFÓ, Francisco; LALLI, Florencia P.; MONTSERRAT, Ivana. Avances en la normativa del derecho a la educación en cárceles de la Argentina. Educação & Realidade. Porto Alegre, v. 38, p. 71-92, jan./mar.2013. Disponível em:

SCARFÓ, Francisco; AUED, Victoria. El derecho a la educación en las cárceles: abordaje situacional. Aportes para la reflexión sobre la educación como derecho humano en contextos de la cárcel. Revista Eletrônica de Educação. São Carlos, SP: UFSCar, v. 7, n° 1, p.88-98, mai. 2013. Disponível em < http://www.reveduc.ufscar.br>

WACQUANT, Loïc. As prisões da miséria. Trad. André Telles. 2 ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.


Texto completo: PDF

DOI: 10.17808/des.50.524

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Direito, Estado e Sociedade

ISSN: 1516-6104