A plebe multitudinária e a constituição de seus tribunos na sociedade global

Adriano Pilatti

Resumo


Este trabalho propõe uma reflexão acerca do episódio da fuga dos plebeus de Roma para o Monte Sagrado e a conseqüente criação do Tribunato da Plebe como instituição de contrapoder. Apresentado no seminário acadêmico organizado pela Comuna e pela Universidade de Roma (La Sapienza) para comemorar os 2.500 anos do episódio em 2008, nele busco recuperar a interpretação dada ao acontecimento por Maquiavel, sobretudo sua valorização do dissenso e das revoltas como base das boas instituições. A partir daí, exploro as dimensões constituintes do episódio do Aventino, os impactos e reverberações que teve acontecimentos revolucionários da modernidade. Finalmente, busco esboçar uma reflexão, que prosseguirá em outro ensaio, sobre as possíveis inspirações que do acontecimento e da instituição duas vezes e meia milenares podem retirar os pesquisadores identificados com o constitucionalismo democrático insurgente em construção pela multidão latinoamericana, já no horizonte de uma nova configuração do poder mundial.

Palavras-chave


Tribunato da plebe, contrapoder, dissenso, poder constituinte, instituições políticas

Texto completo: PDF

DOI: 10.17808/des.34.224

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Revista Direito, Estado e Sociedade

ISSN: 1516-6104